Como solicitar os 15 dias de amamentação na licença maternidade

Para solicitar os 15 dias de amamentação na licença maternidade, é importante seguir alguns passos. Primeiramente, a mãe deve informar sua intenção de usufruir desse direito ao empregador, por escrito, até o final do primeiro mês após o parto.

Além disso, é necessário apresentar um atestado médico que comprove a necessidade de amamentar o bebê. Esse documento deve ser emitido por um médico ou um profissional de saúde autorizado.

Ao receber a solicitação, o empregador deve conceder os 15 dias de amamentação na licença maternidade, sem prejuízo do salário e dos demais direitos trabalhistas da mãe.

Confira o vídeo abaixo com mais informações sobre como solicitar os 15 dias de amamentação na licença maternidade:

Licença Maternidade: Como solicitar os 15 dias de amamentação

A licença maternidade é um direito garantido por lei às mulheres que acabaram de se tornar mães. Ela permite que a mãe se afaste do trabalho por um determinado período de tempo para cuidar do recém-nascido. Durante esse período, a mãe tem direito a receber o salário integralmente e a estabilidade no emprego.

Um aspecto importante da licença maternidade é o período de amamentação. De acordo com a legislação brasileira, a mãe tem direito a usufruir de 15 dias de licença exclusivamente para amamentar o seu filho. Esses 15 dias podem ser divididos em dois períodos de 7 dias e 8 dias, respectivamente.

Para solicitar os 15 dias de amamentação, a mãe deve seguir alguns passos. Primeiramente, ela deve informar o seu empregador sobre o desejo de usufruir dessa licença. Essa comunicação deve ser feita com antecedência, de preferência durante a gestação ou logo após o nascimento do bebê.

Após comunicar o empregador, a mãe deve apresentar um atestado médico que comprove a necessidade dos 15 dias de amamentação. Esse atestado deve ser emitido por um médico ou uma médica que acompanha a mãe e o bebê. Nele, é importante constar o número de dias de licença solicitados e a justificativa médica para a necessidade desse período exclusivo para amamentação.

Uma vez que o atestado médico tenha sido emitido, a mãe deve entregá-lo ao seu empregador juntamente com uma cópia do seu CPF, RG e carteira de trabalho. É importante fazer uma cópia de todos esses documentos para que a mãe tenha um comprovante do pedido de licença.

Após receber a documentação, o empregador tem o prazo de 30 dias para analisar o pedido de licença e emitir uma resposta. Caso o pedido seja negado, a mãe tem o direito de recorrer à Justiça do Trabalho para garantir o seu direito à licença de amamentação.

Caso o empregador aceite o pedido de licença, a mãe poderá usufruir dos 15 dias de amamentação a partir do término da sua licença maternidade. Durante esse período, ela ficará afastada do trabalho e continuará recebendo o seu salário integralmente.

É importante ressaltar que a licença de amamentação é um direito da mãe e que o empregador não pode negá-la. Além disso, durante esse período, a mãe não pode ser demitida sem justa causa. Caso isso aconteça, ela também tem o direito de recorrer à Justiça do Trabalho para garantir os seus direitos.

A amamentação é um momento especial na vida de mãe e filho, e os 15 dias de licença exclusiva para amamentar são fundamentais para fortalecer esse vínculo. Por isso, é importante que as mães conheçam os seus direitos e saibam como solicitar a licença de amamentação.

Licença Maternidade

Como solicitar os 15 dias de amamentação na licença maternidade

Para garantir o direito à amamentação, é importante que as mães saibam como solicitar os 15 dias adicionais na licença maternidade. Primeiramente, é necessário informar o empregador sobre o desejo de utilizar esse benefício.

Em seguida, a mãe deve apresentar à empresa um atestado médico que comprove a necessidade de amamentar o bebê. Esse documento deve conter informações detalhadas sobre o horário e a frequência das mamadas.

Com a documentação em mãos, a mãe deve encaminhar o pedido junto ao RH da empresa, que irá avaliar e aprovar o período de amamentação. É importante lembrar que esse direito é garantido por lei e não pode ser negado.

Lembre-se de se informar sobre todos os seus direitos trabalhistas e buscar o apoio de um profissional especializado, caso necessário.

  1. Cassia Amador disse:

    Eu acho q as mães devem ter mais tempo de amamentação! E vocês? 🤱🏽👶🏻

  2. Ronald Lacerda disse:

    Gente, será que a licença maternidade é justa pra todas as mães? Opinem! 🤔👶🏽

  3. Frederico Pina disse:

    Claro que sim! Toda mãe merece o direito à licença maternidade. É um momento crucial para cuidar do bebê e se recuperar do parto. Devemos apoiar todas as mães, independentemente da situação. A maternidade é um direito fundamental que não pode ser questionado.👶🏽💪🏽

  4. Maisa de Toledo disse:

    Eu acho que é meio injusto que nem todas as mães têm esse benefício. 🤔

  5. Orlando Lopes da Silva disse:

    Eu acho que devemos ter direito a mais tempo de licença maternidade. E vocês?

  6. Doralice Sarmento disse:

    Qria saber se vale a pena pedir essa licença, alguém já fez? 🤔🤱

  7. Santina Dias disse:

    Acho que sim, vale a pena pedir a licença. É importante para o bem-estar da criança e da mãe. Eu já fiz e foi ótimo. Recomendo! 🌟👍

  8. Deise disse:

    Cmo solitar esses 15 dias de amamentacao? É um direito ou um privilégio?🤔🤱

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up